3 Hábitos para viver com alegria

Queres viver com mais alegria? Aproveitar realmente cada momento e apreciar a vida? Então, vou contar-te o que mudei em mim porque provavelmente vais rever-te nesta minha partilha. 

Sabes aquela sensação de que falta sempre algo? Aquela sensação de insatisfação que persiste por muito que cresças e atinjas reconhecimentos, prémios e conquistas? Viagens de sonho, férias bem planeadas e mesmo assim estás sempre a pensar no que vem a seguir, qual será o teu próximo desafio. 

Uma correria para atingir ou ultrapassar objetivos e cumprir prazos. É uma correria para estar presente em todas as situações familiares e profissionais. Nem tempo tens para cuidar de ti e quando arranjas, finalmente, um horário, chegas em cima da hora esbaforida. 

“O que poderia ter feito melhor?”

Estás sempre a analisar o que ainda poderias ter feito melhor e a penalizar-te porque a tua autocrítica é severa pelo que falhaste e/ou não estiveste à altura da tua fasquia, que é elevadíssima. Revês e voltas a rever aquela apresentação que vais ter que fazer perante tanta gente, não dormes a treinar, enfim… É sempre uma verdadeira loucura contra o tempo.

Chegas à conclusão de que estás em todo o lado e ao mesmo tempo em lugar nenhum! 

Vês-te com quarentas e percebes que só corres. Esta doeu, perceber que o tempo não estica e tu não és elástica. Mas o que foi ainda mais duro foi perceber que mesmo nos momentos especiais estás em corpo, mas o teu pensamento já está no projeto seguinte e nos resultados que tens de atingir. A velocidade com que a nossa mente sai de cada momento e nos transporta para outros é verdadeiramente fascinante!

Este é o momento de parar para reflectir: o que mais valorizas na tua vida?

Esta foi uma das questões que me fez mudar. Eu não sentia, nem apreciava profundamente o que se passava comigo porque algo me impedia simplesmente de apreciar. Mas, o que me estava a colocar nessa situação? Hoje posso garantir que estas foram as respostas mais transformadoras da minha vida e que me permitiram descobri que se tratava de valorizar o que vivia e da forma como estava a viver cada detalhe na minha vida

Como ocupas os teus dias?

Eu comecei por fazer contas e percebi onde estava a investir uma boa parte do meu tempo. Já com essa noção, decidi anular umas actividades e reduzir outras quase drasticamente, aquelas que não me permitiam crescer, nem me acrescentavam qualquer valor.

Escrevi no meu precioso e fundamental planner, o que eu dava realmente valor na minha vida, o que era mesmo muito importante para mim, o que eu não abdicava de todo e me fazia feliz, me fazia sorrir muito e me dava equilíbrio e paz. E, assim, com toda esta consciência, ganhei tempo para mim, para me cuidar verdadeiramente. 

Como viver com alegria, aproveitar realmente cada momento e apreciar a vida?

A alegria é uma emoção que deve estar muito presente na nossa vida. Por isso, agora vou contar-te os novos hábitos que instituí no meu dia-a-dia para conseguir viver com alegria, aproveitando realmente cada momento e apreciando a vida. 

 

 

3 Hábitos para viver com alegria:

1. Gratidão

Para praticar a gratidão, coloquei três lembretes no meu telefone, com avisos diários recorrentes, tais como: agradecer por uma coisa, por um momento, por uma situação e/ou pessoa, levando as mãos ao coração.

O objetivo é que cada vez que o alarme toca, possas parar tudo, fechar os olhos, respirar fundo e colocar as tuas mãos no coração para agradeceres. Permite-te usufruir deste momento divinal. E não é para generalizar, é para ser bem específico por cada coisa que se agradece e agradecer até pelas coisas menos boas que nos permitem evoluir e  crescer. 

Para mim, inicialmente os alarmes foram fundamentais, mas hoje a gratidão já está  enraizada em mim. E, sabias que assim também acabamos por contagiar quem está à nossa volta também? É que da gratidão à apreciação é um passo porque estão diretamente ligadas. Ao pararmos, essencialmente para escutar, ver, cheirar, sentir e estar, estamos a apreciar também. Por isso, decidi que diariamente estaria em contacto com a natureza, utilizando os sentidos a 100% e deixando-me envolver profundamente neste poder. É incrível quando tu mudas e sais, por exemplo, para caminhar num parque, numa baía ou na praia, as coisas que passas a ver, os aromas que sentes, os sons que ouves e que até ali nunca existiram na tua vida, ou simplesmente não as vias!… O mesmo acontece quando passas a apreciar uma pessoa, o que até ali era invisível, torna-se visível e vais até surpreender-te com o resultado. 

Desta forma começas a experimentar a alegria e a felicidade quase diariamente. Começas a sentir-te tão grata/o pelo que já és, pelo que já atingiste e pelo que já tens. Deixas de viver com expectativa sobre tudo e passas a saber acolher o que vem, porque é sempre por bem. Tudo traz uma aprendizagem e uma vivência. Passas verdadeiramente a apreciar cada momento, cada detalhe. Passas a sentir-te viva/o. 

2. Meditação

A prática da meditação visa desenvolver sentimentos de empatia, bondade e compaixão em relação a ti mesmo e aos outros. Não importa como começas e o tempo que dedicas à meditação, desde que o faças todos os dias e, pelo menos, cinco minutos. Permite-te usufruir da tranquilidade e da paz que a meditação te faz sentir. 

Ao meditar tornamo-nos mais seguros, mais energéticos e sentimos mais vitalidade. Nunca esquecendo que o mais importante é tomares decisões importantes para a tua vida e permitires-te vivenciá-las.

Os benefícios da meditação são claros e existem vários estudos que os comprovam: 

  • melhora o sono; 
  • reduz o stress e a ansiedade;
  • aumenta a felicidade; 
  • impulsiona a autoestima; 
  • permite ultrapassar a depressão e a raiva;
  • aumenta o poder de foco. 

De várias meta-análises, destacam-se os efeitos na redução dos níveis de cortisol, que impactam na qualidade do sono, no processo de envelhecimento celular, na resposta imunológica, nos processos inflamatórios e na estrutura do tecido cerebral. Há imensa literatura sobre esta prática, conhecida também por mindfulness. 

3. Exercício Físico

Vou, apenas, relembrar a importância da prática diária de exercício físico com duas simples coisas fundamentais: o que faz com que o teu organismo viva, e se preferires com muita vitalidade e energia, é o oxigénio e a hidratação, (H2O > 2L). Cada vez que fazes exercício aeróbico estás a promover este aporte a todas as tuas células. Por isso, apesar de te cansares, após alguns minutos estás cheia/o de energia. Promovendo, ainda, uma boa hidratação diária estás a contribuir para teres uma conduta saudável em prol de mais mobilidade, energia e alegria. 

Quando decidi que o meu maior bem e, portanto, principal valor da minha vida era a saúde, mudei. Ter saúde não é ausência de doença, é sentires-te vivo, com energia e, acima de tudo, bem-estar. 

Dedica-te a ti!

Investe em ti e aprecia-te muito para depois teres muito para dar e apreciar os outros. 

Eu hoje sou feliz, vivo com alegria e sinto uma energia incrível. Tenho tempo para mim, para as pessoas que amo e o Amor é a minha prática diária. O Amor aprende-se e aumenta ao sermos gratos e ao apreciarmos verdadeiramente o que nos rodeia. 

Alexandra Guimarães

Alexandra Guimarães

Especialista em Desenvolvimento

Partilha nas tuas Redes Sociais:

Planner 2024

PREÇO DE LANÇAMENTO, HOJE ESPECIAL, POR €28,00 EUR

Domina o Tempo: Dominas a Tua Vida

VEM DESCOBRIR COMO PLANEAR SEMANAS VENCEDORAS EM 30 MINUTOS.

Últimas notícias:

Scroll to Top

Inscreve-te agora para o Workshop Gratuito